Notícias DeltaGen
Tecnologia e produtividade foram temas centrais da Reunião Técnica

A 14ª Reunião Técnica Anual DeltaGen trouxe como temática central a produtividade aliada à tecnologia na pecuária. O evento aconteceu de 11 a 13 de setembro, em Araçatuba/SP, e reuniu associados, profissionais do setor e palestrantes que falaram sobre o mercado da carne, pesquisas e cases de sucesso. 

Marcos Fava Neves, professor da Universidade de São Paulo (USP), falou sobre o agronegócio no Brasil e no mundo, destacado as tecnologias digitais como ferramentas para evolução do setor. 

“A agricultura brasileira e a pecuária brasileira têm uma chance muito grande pela frente, por que o consumo continua aumentando. Seja pelas questões da Ásia e agora da China, surpreendendo pelo consumo de carne bovina. Mas a perspectiva de preço vai permanecer o que estão. Tem muito mercado pela frente ao preço atual. Temos que construir margem, para que fiquemos cada vez mais competitivos nesse cenário promissor”, destacou Neves.

Também foram apresentadas ferramentas tecnológicas aos associados. Thiago Albertini, O CEO da @Tech, empresa que oferece soluções tecnológicas para a agropecuária, falou sobre o software Bife Trader. 

“É uma ferramenta que auxilia o produtor a aumentar sua margem. Nós monitoramos os animais no crescimento, transformamos isso em uma curva de lucro e indicamos para qual frigorífico ele deve vender para aumentar sua margem. Um auxílio para a tomada de decisões do produtor”, ressalta Albertini.

O público também fez uma visita à Central Bela Vista, onde foram apresentados os touros jovens e feito o teste oficial. O roteiro também incluiu visita à Central Seleon.

 

DEPs GENÔMICAS 

Durante a reunião, a DeltaGen também apresentou os resultados do programa de melhoramento genético, destacando dados de animais, evolução de rebanho, funcionalidade do App DeltaGen e da nova tecnologia que está sendo utilizada: as DEPs Genômicas.

“A DEP Genômica permite, através do nosso banco de dados, ter uma equação de predição. Ela transforma a DEP tradicional do indivíduo, que tem uma acurácia de a 50 a 51%. Com a DEP Genômica, a gente consegue elevar a acurácia dessa prova, para algo próximo de 72% de confiabilidade. Isso significa que a gente pode diminuir o intervalo de geração”, explica Rodrigo Brüner, vice-presidente da DeltaGen.

De acordo com ele, a tecnologia permite usar touros cada vez mais jovens e ser aplicada também nas fêmeas, fazendo a genômica dos indivíduos para multiplicá-los larga escala, em uma velocidade maior. 

Parceiros DeltaGen
Todos os direitos reservados | DeltaGen | 2019 • Site produzido por Pontual Propaganda